Confira as dicas dos Postos Alfa para a manutenção de seu veículo e rode tranquilo.



Filtros





A hora certa de trocar os filtros


Nos automóveis, a inspeção que aponta a necessidade de troca pode ser visual. 

Em caminhões, recomenda-se a substituição do filtro junto com toda troca de óleo.

Os Postos Alfa têm para a venda e realizam trocas de óleo e filtros para as linhas leve e pesada, com qualidade indiscutível e funcionários treinados.


Tipos de filtros




Filtro de combustível



Evita que impurezas vindas do tanque de combustível do veículo acessem partes importantes para o funcionamento do motor, como os bicos injetores. Impurezas podem entupir e impedir que determinado bico injetor funcione, provocando falhas no motor.



Filtro de ar



Retém partículas de poeira e outros resíduos que podem afetar o funcionamento do veículo, impedindo a perfeita entrada de ar frio para o motor. Caso algum fragmento chegue ao sistema de injeção eletrônica, agirá como uma lixa, desgastando o interior do sistema e prejudicando o seu funcionamento. Caso as pequenas partículas cheguem à câmara de combustão, pode corroer as paredes dos cilindros do motor, prejudicando a lubrificação do sistema e podendo fundir o motor. O filtro de ar em mau estado também aumenta o consumo de combustível.



Filtro de óleo



Evita que borras ou contaminações, provenientes da queima do combustível, entupam as galerias de circulação do óleo. Impurezas podem resultar em desgaste prematuro do motor e causando sérios danos. Para evitar que o filtro entupa, indica-se a substituição a cada troca de óleo.




Filtro de cabine



O filtro de cabine também é conhecido como filtro antipólen ou filtro ar-condicionado tem a função de filtrar a poeira existente no ar atmosférico, possibilitando a retenção do pólen de plantas, evitando alergias nos ocupantes dos veículos.



Sistema Elétrico




Fique atento à altura dos faróis alto e baixo. Mantenha-os sempre regulados. Confira se todas as luzes acendem, pois a falta de uma delas pode diminuir a sua segurança e resultar em multa. No caso de um fusível queimado, substitua-o por outro de mesma amperagem.


Câmbio




Não apoie o pé sobre o pedal da embreagem, pois provoca desgaste das peças, como rolamentos e discos de embreagem. Manter o carro numa subida, usando o pedal da embreagem e do acelerador, aumenta o consumo de combustível e gasta o disco e platô.



Rodas e Pneus




Os pneus do seu veículo devem obedecer a indicação que vem no manual do proprietário. A cada duas semanas, ou antes de viajar, os pneus precisam ser calibrados ainda frios. Complete com a pressão correta indicada para os pneus, que vem impressa no manual do carro e nas tabelas específicas. Verifique também o estepe. O uso da tampinha na válvula de ar de cada pneu é fundamental para evitar que o bico receba impurezas. O momento ideal para a troca dos pneus é quando a marca de desgaste, um triângulo ou as letras TWI impressas na lateral deles, são atingidas.



Motor




Sempre que possível, verifique as mangueiras do combustível sempre que possível e troque-as quando estiverem ressecadas, trincadas ou folgadas.


Lubrificação




O nível de óleo deve ser verificado uma vez por semana com o carro frio. Ele precisa estar entre o mínimo e o máximo da vareta do medidor. Quando completar o nível, é importante usar o mesmo tipo e marca de óleo que estiver sendo usado no seu carro.




Manutenção baseada na quilometragem




   


10 mil KM


 

A cada 10 mil quilômetros, substitua o filtro de ar


Deve-se fazer o rodízio dos pneus a cada 10 mil quilômetros, além do alinhamento de rodas e direção. Para os pneus radiais, o rodízio deve ser em linha reta. Os traseiros trocam de posição com os dianteiros, ou seja, o da esquerda com o mesmo lado e o da direita com o seu equivalente. Para os pneus diagonais ou normais, o rodízio é em forma de X, ou seja, os traseiros trocam de lado com os dianteiros, que passam em linha reta para os traseiros, sem alternar os lados. As rodas devem ser balanceadas após o rodízio, ou sempre que você substituir pneus.



20 mil KM


  

Verifique a correia dentada, do alternador, da bomba d'água, da direção hidráulica e do ar-condicionado a cada 20 mil quilômetros.



20 a 25 mil KM


A troca completa do óleo sintético deve se realizar no prazo recomendado pelo fabricante do produto, geralmente entre 20 mil e 25 mil quilômetros. Sempre que fizer essa troca, o filtro de óleo também deve ser substituído. A cada troca de óleo, limpe o filtro de ar.



25 mil KM


O nível de óleo do câmbio precisa ser verificado aos 25 mil quilômetros.



30 a 50 mil KM

O filtro de combustível precisa ser trocado entre 30 mil e 50 mil quilômetros.



40 mil KM


A cada 40 mil quilômetros deve-se limpar os bicos da injeção eletrônica porque a sujeira presente no combustível pode entupir o sistema, aumentando o consumo e piorando o desempenho do motor.



40 a 50 mil KM


Substitua a correia dentada, do alternador, da bomba d'água, da direção hidráulica e do ar-condicionado entre 40 mil e 50 mil quilômetros.



50 mil KM


A troca completa de óleo do câmbio deve ser realizada a cada 50 mil quilômetros, conforme recomendação do fabricante.


Cadastre-se e receba nossas avisos de nossas promoções.

Desejo receber ofertas e promoções por e-mail.

Desejo receber ofertas e promoções por mensagem de celular.

Desejo receber informações da Cooperalfa por e-mail.

Desejo receber informações da Cooperalfa por mensagens no meu celular.

Li e concordo com os termos previstos em Informações Legais.

Localização Postos Alfa

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC