Alfa, um "social" transformador

Publicado em 05 de marÇo de 2020

Comentário(s)

A Cooperalfa encerrou 2019 com 3.350 funcionários, sendo 55% com menos de cinco anos de casa, distribuídos em 177 CNPJs: setores administrativos, Rede Superalfa, corpo técnico, profissionais das indústrias, UPL's, UBS's, Silos, lojas agropecuárias e outros negócios. No ano que passou, o RH investiu 7.890 horas em treinamentos, boa parte com o apoio do SESCOOP, ante 6.477 horas em 2019 (21,8%).

Entre palestras, dias de campo, treinamentos e outros encontros envolvendo cooperados, foram 32.900 pessoas mobilizadas em projetos como QTs, preparo de jovens, líderes e mulheres, visitas e viagens de intercâmbio, além de assembleias e reuniões similares. Na ótica do assessor de desenvolvimento cooperativista, Genuir Parizzoto, todo esse investimento se reflete no crescimento das empresas rurais e da cooperativa, buscando a satisfação das famílias associadas e dos funcionários “que trabalham juntos na busca de um objetivo único, qual seja, o de encontrar no cooperativismo uma forma justa e positiva de geração de renda, através de um relacionamento baseado em valores reconhecidos”.

Com 20.250 associados em 2019, a Alfa gerou R$ 193,4 milhões em tributos (5,22% da receita bruta), incluindo ICMS, COFINS, IR Retido, PIS, ISSQN, INSS e outros.

103 voltas na Terra

Nos 12 meses de 2019, a equipe técnica da Alfa percorreu o equivalente a 103,3 voltas ao redor da Terra em 321.764 visitas (quase 16 por propriedade/ano, em média), com mais de 4 milhões de quilômetros rodados, tudo com a finalidade de conduzir lavouras e granjas para altos padrões de renda. “Nossa principal meta é que o produtor vá bem, com honestidade informativa e comercial”, afirmou o novo gerente técnico da Alfa, Alex De Marco.

Ambiente

Em 2019, a Alfa criou o Laboratório Ambiental para melhor atender as condicionantes em seus licenciamentos ambientais. Em um de seus ensaios, o laboratório está buscando acreditação junto ao INMETRO para avaliações de particulados atmosféricos.

Em cinco anos, a Alfa recolheu 130 mil lâmpadas em processo de logística reversa no programa PARA Lâmpadas. “O mercúrio de uma lâmpada pode poluir até 20 mil litros d´água”, informa Edione Rebonatto, do setor ambiental.

Ao longo dos 10 anos de implantação do programa PARA – Programa Ambiental de Resíduos Alfa, a entidade Verde-Vida de Chapecó recebeu 2,5 milhões de quilos de reciclados como papel e plástico, o que equivale a 144 caminhões de 15 ton./ cada.

Por estar enquadrado como resíduos Classe 1, o programa PARA Agroquímicos recolheu do campo e destinou corretamente, em cinco anos, mais de 700 mil quilos de embalagens vazias de clientes, sócios e não-sócios da Cooperalfa. Já, através do PAPAsab - Programa para Recolha e Destinação de Resíduos Utilizados na Saúde Animal, a Alfa possibilitou atender a política reversa em 280 mil quilos de produtos veterinários (medicamentos embalagens vazias, saneantes e perfuro-cortantes), em 10 coletas realizadas junto aos integrados de suínos, aves e leite no período.

Gás verde

Na Granja de Palma Sola SC, a Alfa aproveita e usa o Biogás gerado a partir do tratamento dos dejetos produzidos pelos suínos, que tem por sua finalidade prioritária o uso de forma direta, substituindo o GLP e com o seu excedente é gerada energia elétrica para consumo interno.

A Cooperalfa ainda está estruturada com equipes de Atendimento Emergencial ambiental - AEA, possui um Plano de Ação para Atendimento (PAE) e gestão integrada com o seguro ambiental para casos de sinistros nos transportes e em suas plantas industriais, contemplando o gestionamento de todas as etapas na ocorrência. Clenoir Soares, assessor ambiental, explica que a Cooperalfa ainda atua em seguimentos como o de gestão de Comitês de Bacias Hidrográficas, Fóruns e Associações que vêm ao encontro dos interesses dos associados e comunidades onde atua.  

Assessoria de Imprensa




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC