O que leva o jovem a ficar no campo?

Publicado em 14 de agosto de 2018

Comentário(s)

Em Águas de Chapecó, evento destacou motivos que levam jovens a decidir pela permanência no campo.

Conforme o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), entre os anos de 2000 e 2010 a taxa de permanência do jovem no campo aumentou significativamente. A sucessão familiar rural é assunto discutido há décadas. Foi essa a motivação do pesquisador Rodrigo Kummer, doutorando pela Faculdade Rural do RJ, ao se manifestar em evento promovido pela Epagri (apoiado pela Cooperalfa e Secretaria de Agricultura de Águas de Chapecó), dia 12 de julho. Rodrigo sobrevoou algumas razões que levam o jovem a sair do campo, porém, priorizou os motivos pelos quais eles ficam nas propriedades. “Existem outros fatores tão ou mais importantes quanto a renda, envolvendo esse processo”, garantiu o jovem pesquisador. 

Leia mais na edição de agosto da Revista Cooperalfa

 




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC