Projeto de lei que altera o registro dos agrotóxicos causa polêmica

Publicado em 04 de junho de 2018

Comentário(s)

A  comissão especial que vai analisar a criação da Política Nacional de Redução de Agrotóxicos foi instalada na Câmara dos Deputados. A criação dessa política está prevista no Projeto de Lei  6670/16, de autoria da Comissão de Legislação Participativa. O objetivo da proposta é implementar ações que contribuam para a redução progressiva do uso de agrotóxicos e ampliar a oferta de insumos de origens biológicas e naturais.

A Câmara dos Deputados abriu uma enquete online para saber a opinião do público em geral sobre o debate, que está em transição Câmara, sobre as mudanças no registro, fiscalização e controle de agrotóxicos. A discussão vem causando polêmica entre os ruralistas, que são a favor do Projeto de Lei, e órgãos como Anvisa, Ibama e Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), contra o PL.

Os produtores reclamam da demora na liberação de defensivos para serem usados na agricultura, especialmente quando há necessidade de uso emergencial e alegam que, quando o governo autoriza a aplicação, os produtos já estão obsoletos.

Já quem é contra o PL dos agrotóxicos defende um controle mais rígido sobre a utilização dessas substâncias na produção dos alimentos.

Os defensores da alteração da Lei tem outra versão. Afirmam que modernizará o sistema de registros, agilizará as definições, garantirá a possibilidade de novos produtos menos tóxicos.

Na próxima terça e quarta-feira, dia 05 e 06 de junho haverá uma sessão na Câmara Federal, onde deverá ser votado o substitutivo do Projeto e que trás fundamental inovação para a agricultura brasileira.

Entidades ligadas ao agronegócio estão convocando lideranças do setor para estarem presentes no Congresso, para apoiar os deputados da Frente Parlamentar do da Agropecuária para buscar a aprovação do projeto. Destacam que quem concorda com as mudanças e não puderem ir a Brasília, devem acionar seus deputados para aprovar a Lei.

Fonte: Agência Câmara Notícias e Globo Rural




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC