Menor interesse de compra e maior oferta interrompem alta dos preços do milho

Publicado em 11 de junho de 2018

Comentário(s)

Os preços do milho caíram no mercado interno nos últimos dias, interrompendo o movimento de alta que era verificado desde o final de abril. Segundo pesquisadores do Cepea, a pressão veio do menor interesse de compradores e da maior oferta. As negociações, no entanto, foram limitadas por especulações quanto aos novos preços de frete.

Com o fim da greve dos caminhoneiros, muitos vendedores aumentaram as ofertas, devido à necessidade de escoamento do milho antes da entrada da segunda safra. Aqueles que iniciaram aos poucos a colheita da segunda safra, no entanto, estão retraídos, incertos quanto à produtividade. Demandantes, por sua vez, trabalham com o cereal adquirido em semanas anteriores, mas alguns precisaram refazer seus estoques, o que, por sua vez, limitou o movimento de queda dos preços. Na região de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa recuou 5,7% de 1º a 8 de junho, indo a R$ 43,27/sc de 60 kg na sexta-feira, dia 08 de junho.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC