Cotações do frango recuam em algumas praças

Publicado em 22 de junho de 2018

Comentário(s)

O movimento de alta dos preços do frango inteiro, observado na primeira quinzena deste mês, perdeu força e/ou foi interrompido em algumas praças, conforme a oferta e a demanda pela proteína se normalizam – as altas registradas no início de junho estiveram atreladas principalmente aos problemas decorrentes da paralisação dos caminhoneiros.

Enquanto no período pós-paralisação as vendas de frango foram intensas, impulsionado as cotações do animal vivo e da carne, nesta segunda quinzena de junho, o ritmo de negociação diminui, resultando em quedas nos preços em parte das praças acompanhadas pelo Cepea.

Entre 14 e 21 de junho, o frango resfriado, comercializado no atacado do estado de São Paulo, se desvalorizou 7,8%, passando para R$ 4,34/kg nessa quinta-feira, 21. Quanto ao congelado, houve queda de 7,2% na mesma base de comparação, a R$ 4,42/kg no dia 21.

Apesar das desvalorizações em algumas praças, os atuais patamares de preços estão superiores aos praticados até a paralisação dos caminhoneiros. Na parcial deste mês (até o dia 21), o valor médio do frango resfriado comercializado no atacado de São Paulo está 40,2% maior que o de maio. Para o frango congelado, a valorização é de 40,6%.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC