Pós-Graduandos do Paraná conhecem trabalhos do CEMAC

Publicado em 14 de maio de 2018

Comentário(s)

No sábado, 12 de maio, alunos e professores da Pós Graduação Lato Sensu em História, Arqueologia e Patrimônio Público da Universidade Paranaense - UNIPAR, Campus Francisco Beltrão, estiveram em Chapecó para conhecer experiências de arquivos e preservação de acervos históricos. Além de visitarem o arquivo da Unochapecó e o CEOM/Unochapecó, os pós-graduandos conheceram os trabalhos do Centro de Memória Alfa/MaxiCrédito  - CEMAC.

A visita técnica foi organizada pelo professor Ademir Miguel Salini, e faz parte das atividades previstas da disciplina por ele ministrada, “Arquivos e acervos históricos: preservação e conservação de documentos”.  Segundo Salini, o objetivo da visita “Foi propiciar aos alunos o contato com espaços de memória e arquivos históricos que desenvolvem atividades de preservação, organização e divulgação da história da sua instituição e da região”. 

Os alunos foram recebidos pelas historiadoras Elisandra Forneck e Aline Maisa Lubenow, que apresentaram o Centro de Memória, sua história, os objetivos, compromissos junto à sociedade e as atividades realizadas internamente, especialmente de pesquisa, salvaguarda e comunicação. “Como o acervo não é composto apenas por materiais históricos institucionais da Cooperalfa e do Sicoob MaxiCrédito, mas também por muitos documentos sobre a história do cooperativismos e da agropecuária em Santa Catarina, é importante divulgarmos o potencial de pesquisa destes”, ressalta Elisandra,  coordenadora do CEMAC. “O trabalho que realizamos é uma das formas destas cooperativas irmãs colocarem em prática o sétimo princípio do cooperativismo: Interesse pela Comunidade. Nossa história não é apenas institucional, é a história da agricultura familiar de Santa Catarina, construída por toda a sociedade em que estamos inseridas”, complementa Aline.

De acordo com o professor Márcio de Macedo, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da UNIPAR, que também participou da viagem de estudos “A visita proporcionou um contato ímpar e riquíssimo, não apenas com o grande acervo histórico levantado pelos profissionais do CEMAC, mas também pelo contato com o trabalho riquíssimo de busca, restauração, tratamento técnico e historiográfico das fontes históricas, permitindo aos nossos pós-graduandos compreender métodos, técnicas e possíveis resultados atingidos pela incursão adequada de historiadores, restauradores e arquivistas que atuam neste meio”. 
Durante a visita, a turma conheceu como são feitas as pesquisas de materiais históricos nas filiais das cooperativas e com seus associados, as entrevistas, o tratamento dado a todo o acervo encontrado, assim como condições adequadas de arquivamento. “A preservação de documentos é fundamental para que os historiadores tenham acervo para as pesquisas históricas. Muitos materiais se perderam e continuam se perdendo por falta de tratamento adequado e conscientização da sociedade em relação à importância destes. Para alguns estudantes, conhecer o trabalho do CEMAC representou a abertura de novas perspectivas de atuação do profissional da História e novas técnicas. Para outros, abriu um universo de pesquisa voltada ao estudo do cooperativismo e da agropecuária regional”, reinteirou o professor.

Fonte: CEMAC




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC