Preço do milho segue alto na região Sul

Publicado em 06 de abril de 2018

Comentário(s)

Os preços do milho continuam valorizados no mercado físico da Região Sul do Brasil, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica. Isso ocorre não apenas pelo déficit anual de 1,5 milhão de toneladas no Rio Grande do Sul e de 2,5 MT em Santa Catarina, mas também pelo fato de que alguns agricultores, percebendo as altas nos preços, decidiram ‘esquecer’ o milho e se voltar inteiramente para a colheita da soja.

De acordo com o analista Luiz Fernando Pacheco, isso resultará numa real escassez de milho na Região Sul, o que explicaria parte do aumento dos preços verificado nos últimos 45 dias. “E a próxima colheita será apenas em julho, para os estados que tem milho safrinha”, complementa o especialista.

 “Há ainda os problemas climáticos ocorridos em regiões localizadas do país e a própria alta, que desestimula as vendas (os agricultores costumam vender quando começa a baixar). Com isto, as cotações nestes estados giram ao redor de R$ 36-38,00 no mercado de balcão e R$ 40,00-41,00 no mercado de lotes”, diz Pacheco.

Já em Campinas (SP), outra importante praça compradora, o cenário de poucas ofertas permanece e guia os avanços no preço do cereal. Nesta quinta-feira (05), produtores demonstram pouco interesse em negociar milho e seguem focados na soja. O Índice Cepea para as cotações da B3 subiu 0,81% nesta quinta-feira e para Campinas subiu 1,38%. Os negócios de exportação continuam raros, porque a janela está toda absorvida pelos embarques de soja, que aumentaram com a disputa entre EUA e China.

Fonte: Agrolink




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC