"Desafio alguma agricultura no mundo que seja tão sustentável quanto a do Brasil", diz Maggi

Publicado em 21 de marÇo de 2018

Comentário(s)

Segundo a ONU, 70% da água do país é usada para o setor agropecuário e metade é desperdiçada

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse no dia 20 de março, no 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília, que os produtores rurais contribuem para evitar a crise hídrica. A agricultura é setor que mais consome água doce no Brasil, segundo estimativa do Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês). De acordo com o FAO, metade é desperdiçada.

Perguntado como o setor poderia reduzir o consumo de água, Maggi disse que a agricultura já é bastante sustentável. “Apenas 10% ou menos de 10% da agricultura brasileira utiliza água para a irrigação. 90% da nossa agricultura utiliza água de precipitação (chuva). Aí nós estamos aproveitando no ciclo da água, que vem a planta e absorve e faz evapotranspiração e volta para a atmosfera ou volta para os lençóis freáticos. O Brasil é um país que produz muito e que utiliza pouca área de irrigação para fazer a sua produção.

O fórum discute alternativas para evitar o consumo, desperdício e melhorar o reaproveitamento da água. Maggi disse, ainda, que a legislação brasileira já é bem rígida com os produtores quanto aos cuidados com o meio ambiente, incluindo os recursos hídricos. “A agricultura do Brasil é bastante sustentável e até desafio alguma agricultura no mundo que seja tão sustentável quanto a do Brasil”. Primeiro que a nossa legislação obriga que todas as margens de rios sejam protegidas por vegetação nativa. Nós protegemos a água, a fauna e a flora. Também temos preservação de áreas de preservação permanente que os agricultores têm que fazer. Temos 66% do território preservado. Utilizamos cerca de 9% para a agricultura.

Fonte: Zero Hora




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC