Diesel B10 está chegando e demanda por soja aumenta

Publicado em 20 de fevereiro de 2018

Comentário(s)

No mês de março, o Brasil passará a ter no óleo diesel de petróleo, a mistura de 10% de biocombustíveis não fósseis. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), o acréscimo percentual de 8 para 10, representará um incremento na demanda por biodiesel de quase 30%.

Com a alteração, a demanda passará para quase 6 bilhões de litros de combustível vindo de fontes renováveis, sendo 80 % originário da soja.  Isso representa uma necessidade de produzir cerca de quatro milhões de toneladas de óleo de soja bruto, somente para atender a produção de diesel brasileira neste ano. Além dos ganhos ambientais, estima-se uma economia em divisas na ordem de U$ 2.2 bilhões.

Embora o biodiesel possa ser obtido a partir de diversas espécies vegetais, nenhuma tem condições de produção em grande escala com eficiência igual a sojicultura. Para contribuir com a oferta brasileira, a região do Matopiba e Pará  produzirá 16.5 milhões de toneladas de soja nesta safra, representando mais de 10 % da produção nacional.

Apesar de um ambiente onde se emprega altas tecnologias no campo, o desafio de elevar produtividades continua presente. A prova são as médias regionais, sendo 54 sacas por hectare na última safra na Bahia, enquanto diversos sojicultores colheram próximo das 100 sacas por hectare.

Dentre os desafios para o sucesso das lavouras, estão a semente e a plantabilidade, disse Celito Missio, presidente da Associação dos Produtores de Sementes de Soja dos Estados do Matopiba (Aprosem).

“Para atendermos à demanda crescente por soja, o caminho mais eficiente é a busca por incrementos na produtividade. Neste contexto, uma lavoura bem formada, dará mais segurança para o manejo, de forma a aproveitar ao máximo seu potencial produtivo”.

Fonte: Aprosem




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC