Mercados de milho e soja seguem estáveis 

Publicado em 29 de janeiro de 2018

Comentário(s)

Entre 19 e 26 de janeiro, o Indicador do milho ESALQ/BM&FBovespa, Campinas (SP), subiu 0,74%, indo a R$ 32,57/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 26. Quanto às exportações, o ritmo tem perdido a força. Na parcial de janeiro (em 14 dias úteis), o Brasil embarcou 2,13 milhões de toneladas do cereal, com média diária de 152,2 mil toneladas. Caso permaneçam neste ritmo até o final do mês, as exportações brasileiras devem somar 3,35 milhões de toneladas em janeiro, segundo a Secex. A perspectiva é que as exportações de milho diminuam nas próximas semanas e meses, em função da prioridade de produtores em negociar a soja. 

Nos últimos dias, as recentes chuvas no Sul do Brasil aliviaram produtores, que já se preocupavam com a baixa umidade do solo. Em parte de São Paulo, por outro lado, as precipitações deram tréguas, porém a colheita deve ser intensificada apenas na segunda quinzena de fevereiro. Em Goiás e Minas Gerais, por sua vez, as chuvas têm beneficiado as lavouras. Quanto ao Mato Grosso, a atividade está atrasada em relação ao mesmo período de 2017, devido ao alto volume de precipitações. 

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC