Mulheres Cooperativistas: quase mil histórias para contar

Publicado em 30 de outubro de 2017

Comentário(s)

Com o tema “Mulheres cooperativistas: estrelas da vida real”, cerca de  900 pessoas de oito ramos do cooperativismo catarinense estiveram reunidas durante o 14º Encontro Estadual de Mulheres Cooperativistas, dias 26 e 27 de outubro, no Centro de Convenções Oceania Center, na Praia dos Ingleses, em Florianópolis. Muito além da programação que encantou o público com palestras e apresentações artísticas, diversas histórias chamam a atenção pela garra, determinação e pelo trabalho, que ajudam a construir o cooperativismo em Santa Catarina.

Cooperada da Cooperalfa, Ivone de Andrade, de Coronel Freitas, administra junto com o marido uma propriedade rural há 22 anos. A estrutura atual é formada por aviários com 15 mil frangos, chiqueiros com 1.440 suínos, além de um plantel de 28 vacas leiteiras. “A propriedade tem papel importante na geração de nossa renda e a cooperativa nos traz segurança e tranquilidade”, afirma a empreendedora, que atua também em outros ramos.

Sobre o Encontro de Mulheres, Ivone revela que gostou. “Vou sair daqui com mais segurança para tomada de decisões e com autoestima mais elevada”.  

Novidades

O Encontro de Mulheres Cooperativistas foi promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Santa Catarina (SESCOOP/SC) e reuniu lideranças, cooperadas, esposas de cooperados e colaboradoras de cooperativas, além de autoridades políticas e do cooperativismo.

A coordenadora de promoção social do Sescoop/SC, Patrícia Gonçalves de Souza, realça a satisfação com os resultados do evento. “Foi um desafio organizar o 14º  Encontro depois de uma edição especial realizada no ano passado. Atingimos os objetivos de promover a integração, trazer conhecimento e oportunizar troca de experiências entre as participantes. Os feedbacks têm sido muito positivos, o que é gratificante, já que o evento é pensado especialmente para elas, seja nas palestras, seja nas temáticas da programação artística. A intenção é que elas sejam as protagonistas da própria história”.

Patrícia também informou que haverá mudanças no formato do evento a partir do ano que vem. A construção do novo modelo será feita com a participação das cooperativas. “Organizaremos o encontro por meio de sistema de rodízio, ou seja, cada cooperativa participará a cada dois anos. O objetivo é possibilitar o ingresso de novas cooperativas. O número de participantes reduzirá para 500, visando que oportunize maior participação dos grupos com a retomada de oficinas e apresentações de cases”.

 Edição 2017

A programação na quinta-feira (26) incluiu as seguintes palestras: “Cooperativismo: um legado para a prosperidade”, conduzida por Zeca Mello; “De bem com a vida, consigo mesmo e com os outros”, ministrada por Jeanine Rolim Meier, “Autonomia emocional: você é líder ou vítima de si mesma?”, com Heloísa Capelas, além de apresentações artísticas do Espaço Sou Arte.

Na sexta-feira (27), segundo dia de evento, a atividades contaram com as palestras “Como gerenciar a raiva” com Patrícia Santos e “Tempo de Crescer e de Florescer” com Lígia Guerra.

MB Comunicação




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC