Efapi 2017: conheça as as fêmeas jovens campeãs da raça Holandesa

Publicado em 16 de outubro de 2017

Comentário(s)

Julgamento que integra a 4ª etapa do Circuito Nacional ocorreu durante a EFAPI 2017.

O melhoramento genético aliado a um bom manejo e nutrição animal adequados, foram os principais diferenciais que garantiram à família Girardi, de Pinhalzinho, o prêmio de grande Campeã Fêmea Jovem durante o Julgamento dos Animais Jovens da Raça Holandesa. O evento ocorreu nesta sexta-feira (13), na Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó (EFAPI – 50 ANOS) e integra a 4ª Etapa do Circuito Nacional da Raça Holandesa. “Nossa família produz bovinos de leite há mais de 30 anos. Estamos sempre nos preparando para competições e investindo em melhorias. Esse prêmio é o resultado de nossos esforços”, comentou o produtor Vanderlei Girardi.

A grande campeã foi a novilha Granja GR Progresso 168 Commander (054) que, segundo o jurado oficial da raça Holandesa, Flávio Junqueira, se destacou das demais por ser um animal com características adequadas para a idade, com grande equilíbrio morfológico e excelente potencial leiteiro. “Nos animais jovens têm duas características muito importantes: a força leiteira e a estrutura corporal. Os bovinos mais leiteiros possuem costelas voltadas para trás e maior espaçamento entre elas, a ossatura é plana e as coxas mais finas”, explicou Junqueira.

O título de Reservada Campeã Fêmea Jovem ficou com a bezerra Sipal Estolosa 1009 Doorman TE 060709, do produtor Clair Eloy Dariva, de Chapecó. “Ficamos impressionados com a qualidade dos animais que participaram da competição. Isso demonstra o avanço de Santa Catarina na produção de bovinos de leite, principalmente na região oeste, onde se concentra a maior bacia leiteira do Estado”, salientou o jurado Junqueira.

O presidente da Associação Catarinense de Criadores de Bovinos (ACCB) Nelson Eduardo Ziehlsdorff, destacou o elevado nível dos animais presentes no julgamento. “Essa qualidade é reflexo do trabalho que os produtores fazem no campo com investimentos em genética, manejo, nutrição e profissionalização da atividade. Esse alto nível de planteis estimula o mercado de comercialização dos animais valorizando a produção do Estado”, observou.

De acordo com o presidente do Núcleo de Bovinos de Chapecó Rosalvo João Bertoli, encontram-se concentrados na expo-feira os melhores bovinos de leite do Estado. “São animais premiados e reconhecidos, confirmando o excelente nível de produção catarinense, que hoje alcança o quarto lugar no ranking brasileiro de maiores produtores de leite do País, superando o Estado de Goiás. Isso nos motiva a continuar investindo em tecnologias de ponta e na profissionalização do campo”, complementou.

Posição de Destaque

Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Santa Catarina produziu 3,1 bilhões de litros de leite em 2016. O crescimento da produção catarinense foi de 1,76% de 2015 para 2016. O Estado está atrás apenas de Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul. A grande bacia leiteira é a região oeste, que responde por 76% de todo o leite produzido, quase 2,4 bilhões de litros.

Ranking das campeãs

O julgamento foi dividido em oito categorias e em cada uma foram premiadas as campeãs.
Categoria Bezerra Mirim: campeã Sipal Estilosa 1009 Doorman TE 060709 do produtor Clair Eloy Dariva, de Chapecó.
Categoria Bezerra Menor: campeã Ypoti Dundee Elma 494 dos produtores Adriano M. Rigon e Cristina Aiolfi, de Chapecó.
Categoria Bezerra Junior: campeã Granja GR Progresso 176 Destry (Zuely) dos produtores João e Vanderlei Girardi, de Pinhalzinho.
Categoria Bezerra Intermediária: campeã Ypoti Speaker Kerry 475 dos produtores Adriano M. Rigon e Cristina Aiolfi, de Chapecó.
Categoria Bezerra Sênior: campeã Granja GR Progresso 168 Commander (054), dos produtores João e Vanderlei Girardi, de Pinhalzinho.
Categoria Novilha Menor: campeã Ypoti Hunger Roana 465 dos produtores Adriano M. Rigon e Cristina Aiolfi, de Chapecó.
Categoria Novilha Junior: campeã Ypoti Durbin Bia 459 dos produtores Adriano M. Rigon e Cristina Aiolfi, de Chapecó.
 
MB Comunicação




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC