Santa Catarina segue com crescimento nas exportações de carnes

Publicado em 11 de setembro de 2017

Comentário(s)

As exportações catarinenses de carnes seguem em alta e o acumulado do ano já supera o mesmo período de 2016. De janeiro a agosto, o faturamento com as exportações de carne suína e de frango já ultrapassa US$ 1,6 bilhão, com mais de 843,6 mil toneladas vendidas para outros países. As expectativas são de que o setor continue em crescimento após anúncio de que a China deve aumentar as compras de carnes do Brasil.

O mês de agosto termina com resultados favoráveis para as exportações de Santa Catarina, com crescimento nos embarques de carne suína e de frango. Ao todo, foram 96,7 mil toneladas de carne de frango exportadas – um aumento de 17% em relação a julho – e o faturamento chegou a US$ 175,2 milhões – 14,7% maior do que no último mês.

Se comparado a agosto de 2016, o incremento nas exportações de frango é ainda maior. O faturamento foi 18,5% maior e a quantidade foi 22% superior aos números registrados naquele mês.

As exportações de carne suína também trazem boas notícias. Em agosto foram 28,6 mil toneladas embarcadas – 11,2% a mais do que em julho – e o faturamento passou dos US$ 66 milhões – 3,6% superior ao faturamento do último mês.  Em comparação com agosto de 2016, as exportações tiveram um crescimento de 26,9% no faturamento e 14,5% na quantidade embarcada.

A intenção de Santa Catarina é aumentar ainda mais esses números.  O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, explica que o anúncio de que a China quer ampliar a compra de carnes do Brasil pode ser uma boa notícia para o agronegócio catarinense. “A China já é o segundo maior comprador de carnes de Santa Catarina e nós podemos aumentar nossa presença naquele mercado. A carne produzida em Santa Catarina tem um grande diferencial: a qualidade dos nossos rebanhos. Somos reconhecidos internacionalmente como área livre de febre aftosa sem vacinação o que dá muita credibilidade para o produto catarinense”, ressalta.

Acumulado do ano

De janeiro a agosto de 2017, já foram embarcadas mais de 652,5 mil toneladas de carne de frango, gerando uma receita de US$ 1,2 bilhão – faturamento 8,6% superior ao mesmo período do último ano.

Para carne suína, o ano de 2017 está sendo de crescimento constante nas vendas. Desde janeiro, Santa Catarina exportou 191 mil toneladas, arrecadando mais de US$ 451,5 milhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o incremento foi de 33,8% na receita e de 6,7% na quantidade.

Os números foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri).

Tradição no agronegócio

Com forte tradição na pecuária, Santa Catarina é berço das principais empresas do setor de carnes do Brasil. O estado conta com 18 mil produtores integrados às agroindústrias e o setor de carnes gera quase 60 mil empregos diretos em frigoríficos e indústrias de beneficiamento. Como maior produtor nacional de carne suína e o segundo maior de carne de frango, Santa Catarina atende o mercado brasileiro e o exterior, com presença em mais de 120 países.

Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
 




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC