Produtos brasileiros são invisíveis no exterior, diz ministro

Publicado em 05 de setembro de 2017

Comentário(s)

Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi diz que Brasil precisa apostar mais nas vendas para o varejo

O Brasil ainda é um “país invisível” nas prateleiras dos supermercados de outros países. A crítica veio do próprio Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi. Para o ministro, o problema é que o país ainda vende muito no atacado e não no varejo.

“Eu quero crer que esse seja nosso próximo passo, a agregação de valores e um contato direto com os consumidores mundo afora. Deixar de ser somente um vendedor de grandes volumes e chegar às gôndolas dos supermercados”, disse nesta terça-feira (29) durante discurso na abertura do Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (SIAVS) 2017

Para Maggi, é preciso superar desafios internos que atingem as exportações, como a a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. “Todos nós tivemos que trabalhar muito para que o Brasil não perdesse os mercados naquele momento. Parece que, pela primeira vez, tivemos uma solução com bastante eficiência em pouco tempo. Deixamos de lado a burocracia e partimos para a prática”, afirmou.

Ainda no discurso, ele ressaltou a importância de toda a cadeia produtiva do agronegócio: “Quando vendemos um produto para fora do país o comprador fiscaliza as nossas regras, nós temos um acordo comercial e um padrão a ser seguido. Mas percebemos que, em algumas coisas, precisávamos avançar porque estávamos perdendo para o mundo. O ministério está conversando com todos os elos da cadeia”.

De acordo com o ministro, a ideia é criar facilidades para os produtores ampliarem sua participação no mercado internacional. “As exigências para o mercado brasileiro estão subindo e queremos estar no mesmo parâmetro de outros países e não queremos ser olhados de forma diferente por qualquer uma das nações que compram nossos produtos. É nessa direção que nós vamos”.

Fonte: Gazeta do Povo




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC