A importância do refúgio

Publicado em 11 de setembro de 2017

Comentário(s)

A prática do Refúgio na lavoura tanto de soja como milho com a proteína BT, tecnologia intacta da Monsanto, é fundamental para evitar que as pragas criem resistência, garantindo assim a sustentabilidade da proteína BT.

O representante comercial de Intacta da Monsanto, Ivan Guterres, explica que o refúgio é a destinação, no caso da soja, de 20% da área com o plantio de soja que não tenha a proteína BT, podendo ser RR ou convencional, respeitando uma distância máxima de 800 metros da lavoura com a tecnologia BT.

No caso do milho, Guterres disse que é necessário utilizar 10% da lavoura para o plantio de milho sem a tecnologia BT, respeitando os mesmos 800 metros de distância.

Devido a importância do tema, a Cooperalfa participa do clube do refúgio, para promover a conscientização dos agricultores quanto a essa prática em suas lavouras justamente para conservar a proteína BT, tecnologia Intacta da Monsanto.

Assessoria de Imprensa Cooperalfa




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC