Alfa recebe delegação argentina

Publicado em 11 de agosto de 2017

Comentário(s)

Nesta quinta, dia 10 de agosto, uma delegação de 35 cooperativistas argentinos, entre produtores agropecuários, conselheiros administrativos e funcionários da Cooperativa La Ganadera Gral Ramires Ltda, de diversas regiões geográficas da província de Entre Rios – Argentina, visitou a matriz da Cooperalfa – em Chapecó (SC). A 3a Viaje de Integracion Brasil 2017, coordenada pela COOVAECO Turismo, teve duração de sete dias de visitas a cooperativas (entre as quais Alfa, Aurora e Fecoagro) e demais federações cooperativistas dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.
Durante a visita à Cooperalfa, em Chapecó, os argentinos conheceram o sistema de gestão da cooperativa e a estrutura física, como indústrias, supermercado, agropecuária e Posto de Combustível. Antes da visita as instalações conduzida pela equipe de comunicação social, o 1o vice-presidente, Cládis Jorge Furlanetto, recepcionou a delegação com uma palestra de apresentação da Cooperalfa. Disse que a cooperativa surgiu 50 anos atrás, com objetivo de amparar os agricultores na comercialização de seus produtos e que, ao longo dos anos, foi crescendo, se profissionalizando e agregando valor através da industrialização. Ele também citou o aumento da área de ação através das incorporações. “Hoje estamos em vários estados brasileiros, com quase 3 mil funcionários, perto de 20 mil associados, uma previsão de faturamento para este ano de R$ 3 bilhões e um crescimento real de aproximadamente 5%”, informou o diretor.
Os argentinos questionaram sobre a forma de atuação da cooperativa frente aos financiamentos de recursos para custeio agrícola e sobre a destinação adequada das embalagens de agrotóxicos. O assessor de imprensa da cooperativa argentina, Luis Maria Ceparo, também questionou sobre a carga tributária que recai sobre as receitas totais da Cooperalfa e o vice Cládis Furlanetto disse que é muito alta e se tornou um dos principais desafios, para manter o equilíbrio econômico e financeiro. “Hoje nossos gastos fixos não baixam de 12% sobre as receitas”. O conselheiro da Cooperativa Ganadera, Ruben Oscar Leichner, reconheceu que os desafios deles são muito parecidos com os desafios da Alfa e demais cooperativas brasileiras, o que é lamentável, porque o Estado, se não ajuda, não deveria atrapalhar”.

Assessoria de Imprensa Cooperalfa




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC